As capacidades de inovação tecnológica em Espanha através da análise qualitativa das patentes.
   


A inovação tecnológica é um processo complexo que define a capacidade de produzir novos produtos e constitui um elemento chave para compreender o nível de desenvolvimento tecnológico de um país. Apesar de não ser facilmente mensurável ainda que se reconheça a sua relação com indicadores associados aos processos de investigação e desenvolvimento (I+D), e com a existência de capacidades tecnológicas. Pelo seu lado, as patentes constituem indicadores que fornecem informação não só dos resultados do processo de invenção, mas também dos processos de inovação tecnológica desenvolvidos por empresas e organizações, assim como das capacidades tecnológicas descobertas. Neste trabalho estudam-se as capacidades de inovação tecnológica espanholas através da análise dos pedidos de patentes concedidas a nível de sectores económicos, da intensidade da cooperação tecnológica e da qualidade das patentes, medida em função do número de reivindicaciones afectadas.