Número 19, outubro - novembro 2003.
ESTRATÉGIAS, CONHECIMENTOS E INOVAÇÃO>>Versão em portuguê
 
         
 
  Espaço de debate:

Quadro conceptual da relação entre inovação e tamanho organizacional

A evolução do meio envolvente para processos de crescimento contrasta com a composição do tecido empresarial das economias desenvolvidas, claramente dominado pela PME. Este contexto derivou de um debate acerca da importância do tamanho empresarial sobre o êxito na adopção de inovações. Este papel faz uma revisão da investigação sobre a relação entre a inovação e tamanho organizacional. O resultado desta aproximação teórica permite-nos constatar que existem numerosas investigações sobre a citada relação, ainda que a literatura sobre o tema ainda não chegou a um consenso quanto à sua magnitude e intensidade, o que limita a possibilidade de se generalizarem as conclusões. Esta abordagem, mais que uma limitação, supõe um incentivo para esclarecer as razões que justificam a heterogeneidade de resultados e inclusivamente para aplicar um mecanismo que permita a sua integração.

Camisón Zornoza, C
Lapiedra Alcamí, R.
Segarra Ciprés, M
Boronat Navarro, M.

Os sistemas inter-empresariais no meio envolvente espanhol

A utilização dos sistemas inter-empresariais encontra-se hoje alargada praticamente a todos os sectores no mercado espanhol. Um melhor acesso à informação relevante sobre o cliente, partilha de bases de dados, ou simplesmente a impossibilidade de poder desenvolver sistemas individuais devido ao seu alto custo conduzem as organizações a desenvolverem sistemas de informação comuns.

Carmen De Pablos Heredero
Eva Pelechano Barahona

Gestão do conhecimento e estrategia

No presente artigo pretende-se analizar a importancia das novas técnicas de gestäo do conhecimento como recurso estratégico chave para a competitividade da organizaçäo. Seguidamente é analizada a Gestäo do Conhecimento no processo estratégico da organizaçäo e é dada especial atençäo ao processo do conhecimento. Finalmente é feita uma proposta para a creaçäo duma Rede de Cidades do Conhecimento, projecto que de facto já tem començado e que está a ser co-financiado pelo FEDER a través do seu programa INTERREG IIIA, e que tem prevista a finalizaçäo e entrega do relatório nos primeiros meses do ano 2005.

Bañegil Palacios, Tomás M.
Sanguino Galván, Ramón


Sala aberta:

O impacto dos activos intangíveis tecnológicos sobre os resultados empresariais: uma aplicação ao sector industrial espanhol.

O objectivo deste trabalho é duplo, por um lado, analisar os factores que afectam a actividade inovadora da empresa e, por outro, estudar a relação entre os activos intangíveis tecnológicos e os resultados empresariais. Utilizando uma amostra de 1.421 empresas pertencentes ao sector industrial espanhol obtemos que o processo tecnológico está influenciado pela maior parte dos factores genéricos considerados. Além disso, aquelas empresas que acumulam activos intangíveis tecnológicos obtêm resultados superiores.

Pilar Vargas Montoya

O observatório de prospectiva tecnológica industrial

Este artigo apresenta a criação, em 1997, por iniciativa do Ministério da Indústria e Energia, do OPTI o qual se encarrega de utilizar as técnicas de prospectiva como ferramentas de apoio à definição de políticas tecnológicas. Como se repetiu tantas vezes, e com isso tentava-se reduzir em alguma medida o elevado nível de incerteza que caracterizam as decisões a médio e longo prazo relacionadas com a tecnologia.

Jesús Rodríguez Cortezo


Investigação:

A avaliação das bolsas de formação de pessoal investigador e pós-doutorais da Comunidade de Madrid.

Neste breve artigo apresentam-se os principais resultados de uma investigação adjudicada em processo competitivo pela Direcção Geral de Investigação da Secretaria da Educação da Comunidade de Madrid. Fixou-se como objectivo fundamental do trabalho a análise da valorização do programa de bolsas pré e pós-doutorais dos seus utilizadores principais, ou sejam, os bolseiros e os tutores.

José A. Olmeda
Salvador Parrado